Mobilização

08 de fevereiro de 2017

Cerca de 10 mil pessoas participam de mobilização pela aposentadoria policial

Cerca de 10 mil policiais e demais profissionais da segurança pública de todo o Brasil lotaram a Explanada dos Ministérios, em Brasília, na tarde desta quarta-feira (08), em uma grande mobilização em defesa da aposentadoria policial, que está sendo ameaçada pela PEC 287/16, de autoria do Governo Federal, que tramita em caráter de urgência. 

A mobilização teve início em frente ao Congresso Nacional, com milhares de pessoas cantando o hino nacional. Os manifestantes vestiram camisetas prestas e cruzes foram instaladas em referência a cemitérios. Representantes da União dos Policiais do Brasil - UPB, discursaram em defesa da categoria, destacando a necessidade de preservar os direitos previdenciários, principalmente pelo risco de vida inerente à profissão e o risco de ter policiais "envelhecidos" nas ruas. 

Representando o Paraná, além de policiais rodoviários federais, também somaram forças ao movimento, policiais federais, policiais civis, agentes penitenciários e guardas municipais de Curitiba.   

Para o presidente do SINPRF/PR, Sidnei Nunes, é inadmissível que direitos tão importantes da categoria não sejam respeitados. "A aposentadoria policial precisa ser discutida separadamente, com a devida atenção às peculiaridades da profissão. Caso contrário, pode haver um colapso na segurança pública. Sem a devida valorização e garantia dos direitos, a polícia vai parar", afirma ele.